Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Personagens macabros da cultura pop (parte 1)


Vez por outra, deparo-me com aquela “origem” da Hello Kitty, que se resume assim:

Uma mãe desesperada + Filha com câncer na boca + pacto com o demônio = salvação de sua menina. Em troca, ela criaria um símbolo de alcance mundial em homenagem a ele (o capiroto, oras!). Parece que deu certo. Os sinais disso - que têm a sustentabilidade de um castelo de areia diante de um tsunami - estariam no fato de a gatinha não ter boca ou no nome ser – supostamente traduzido como: Hello -> Oi (em inglês) e Kitty -> Demônio (em chinês).

Antes de mais nada, vamos dizer que também existem versões assim:

1) A desenhista estaria grávida de uma menina perfeita, mas com câncer na boca;
2) O nome dela viria de um dialeto africano (elohit) onde significaria - olha, que surpresa - demônio;
3) Seria o símbolo de uma seita religiosa contra os princípios de Deus (ah, nessa não foi demônio, mas anticristo...);

Na boa, andei pesquisando e vi que a Hello Kitty (em japonês, Harokiti) foi criada originalmente pelo designer Ikuko Shimizu em 1974. E o nome em inglês foi escolhido porque a cultura britânica era popular entre as garotas japonesas na época da sua criação. Já vi a explicação de que a ausência da boca simbolizaria a submissão da mulher japonesa. Mas a Hello Kitty possui boca nos desenhos animados (procura aí na net, pois quero evitar a fadiga).

E outra, 'Hello' é ‘oi’ em inglês, e kitty é ‘gatinha’ (o bicho) em inglês (‘Ma’ que tinhoso poliglota é esse que quer misturar personagem japonês com nome em chinês? Será que ele não sabe que China e Japão não têm muito a ver? Ah, danado!). O Kitty é uma homenagem ao gatinho branco da Alice no livro ‘Through the Looking Glass’ de Lewis Carroll. E o nome “verdadeiro” dela é Kitty White (Gatinha Branca) Dah!.

Ainda vi que a palavra "Demônio" em chinês tem duas representações, cada uma com dois hideogramas: "wu gui" ('mal' + 'diabo') e "wu mo" ( 'mal' + 'magia'). Em Mandarim são 'e-gui' e 'e-mo' (portanto, emo é que é coisa do demo, deixa a gatinha branca em paz!).

No fim das contas, ela não tem boca... Sobrancelhas, dedos, umbigo, abertura nas orelhas, pálpebras... E daí?! Os Simpsons têm 4 dedos nas mãos, desenhos japoneses têm olhos enormes, o Bob Esponja - além do óbvio de ser uma esponja que anda e fala - consegue ir à praia no fundo do mar (O.o) e fritar hambúrgueres (já até causou um incêndio na bolo doido todo que é o desenho!).

Vou parar por aqui antes que digam que Garciarama significa 'parangaricutirimírruaru'!

Um comentário:

Anônimo disse...

ata e essa imagen da menina do filme terror em silent hill conta outra