Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Tiago Leifert diz para participante negra que "esse negócio de representatividade não leva a nada"


Tiago Leifert deu um show de grosseria e até de antipatia a grupos de militância na última terça (20). A participante Nayara disse a que veio dentro da casa enquanto negra, de comunidade, jornalista e fez questão de expor seu lado ativista e defender o que acredita.

O que houve?

Então, Tiago Leifert falou para ela, em seu discurso de eliminação, coisas como 'esse negócio de representatividade não leva a nada', como quem justifica que ali é um programa apenas de entretenimento e não para raciocinar.

Tá, mas e daí?

Também reflete a ideologia da mídia de massa, né? Afinal, se o povo começa a questionar seu lugar e o lugar dos ricos donos e contratados da emissora, adivinha o que acontece? Revolução. E é melhor pra eles fazer com que nós, negros ativistas, jornalistas contestadores, pareçamos um bando de revoltadinho neurótico. Aliás, dada a enorme rejeição atribuída a ela (em torno de 92%), não me surpreenderia que a emissora tenha dado uma mãozinha ao público médio sem paciência pra levante de bandeiras ideológicas. Já pensou, a globo dá uma bobeira e Nayara começa a falar sobre a falta de negros em 90% das produções da TV? Seria loko e eu adoraria, mas se eles apoiam golpes políticos, não vão detonar uma moça que defende uma causa de justiça social? Ora veja...

Conclusão

Quando eu começava a simpatizar com ele, Tiago Leifert dá essa bola fora de não só representar (olha que ironia) a mentalidade da classe rica e televisiva brasileira, como também expôs uma pessoa a constrangimento de forma arbitrária. Neste momento, acho Tiago Leifert farinha do mesmo saco rasgado pelo diabo que tantos outros. Alguém lembra do William 'é coisa de preto' Waack. É como eu sempre digo, quem tem algum preconceito, não importa se é amigo de facebook ou sorridentes apresentadores de TV, alguma hora vai soltar uma pérola pra cair a máscara.

Já que falei de Waack, lembram que eu já tinha mencionado internet afora que a Globo só o afastou pra que não queimasse seu filme e não porque é contra o racismo? Pois é, Waack caiu num video em off, Leifert caiu em rede nacional ao vivo. Dizer que uma ação desagradável é coisa de preto quando você nem sabe quem o fez é a mesma coisa que falar pra uma ativista negra que representatividade não leva a nada. Lembro-me de um Programa Eliana quando Gilberto Barros participou de um quadro estilo 'pra quem você tira o chapéu' e ele 'curtiu' Glória Maria. Quando ele começou a justificar sua admiração pela jornalista por vencer na profissão sendo mulher e sendo negra num meio que não dá muitas oportunidades... ZAP! Eliana o cortou pedindo que prosseguisse para a próxima personalidade. Ou Eliana não tinha tantos méritos quanto a colega e se mordeu de inveja ou não gosta muito de lembrar que é de um grupo privilegiado. Mas voltando ao apresentador que não quer ideologias no seu programinha...

Faça-me o favor, dizer que ninguém está interessado pelo lado jornalista de uma pessoa é como dizer que não quer ver seu lado carinhoso, é uma parte de nós, uma nuance do perfil psicológico. Ela não pediu pra escrever uma matéria, apenas usou sua habilidade de observação dos fatos. Mas esse é o Brasil, ou melhor, a camada que o comanda: Não quer ninguém levantando bandeira em um meio de comunicação de massa porque vai despertar muita gente. E povo que pensa não para pra ssistir BBB, no sentido de que não oferece um conteúdo intelectual, tá, não estou dizendo que quem assiste é burro, nada disso. Estou dizendo que numa sociedade mais evoluída, BBB não precisaria lutar contra militâncias. Elas seriam parte possível integrante do seu conteúdo.

O próprio Leifert não faz mais parte do jornalismo, então não deveria criticar jornalistas. Branco e de família abastada, não deveria falar sobre negros pobres e apresentador de TV, não deveria usar seu microfone como arma pra humilhar publicamente pessoas. Ah, e enquanto ser humano, pois infelizmente ele é, também fica muito feio não ter educação. Sobretudo por ser, supostamente, bem criado e com condições que a maioria neste país não tem.

Nunca vi BBB como uma ferramenta de burrice. Apenas não gosto do tipo de programa, mas não julgo quem se entretém nisso. Agora, o que o novo apresentador fez foi um desserviço. Quando eu era moleque, aprendi que se não sei de um assunto, melhor não falar nele, porque alguém pode estar de fora olhando e pensando 'Ei, só fala m...'. E Tiago Leifert se mostrou muito bem formado como apresentador bilingue, afinal, fala português e várias bostas. Até entendo que o público do programa não seja o mais cabeça e politizado pra ficar se falando em causas sociais, muito menos negritude, porque o povo gosta mesmo é de história de superação, até de brother de família rica (?!), mas um pouco de educação e bom caráter, poderia ser usado em um 'olha, vc acha que esse assunto te aproxima do grande público?' e não um 'representatividade não leva a nada/não interessa seu lado jornalista'.

Vamos lembrar um pouquinho Bial e fazer um pequeno discurso sobre Leifert.

Hoje nós temos celulares, enquanto molécula, viramos sociais enxertos de capacidade não tolhida de racionalizar raciocínios e pessoas, então, quem tem telhado de vidro, quando come se lambuza, Tiago, representatividade importa sim! E você é o vencedor do BBB18 no quesito falar besteira! Venha pegar seu troféu Pelé, afinal você é nosso poeta da nova geração. No rol da fama ao lado de Luciano Huck, Jair Bolsonaro, Silas Malafaia, Alexandre Frota e meu vizinho que fica gritando gol quando o time ainda tá passando pelo meio de campo.

Só falta vir a público e dizer que foi mal interpretado ou que foi entendido fora de contexto e que o que importa mesmo é que somos todos humanos. Vivem falando isso depois de soltarem suas opiniões, como se trabalhar com comunicação desse margem pra esses 'escorregões' a toda hora.

Fontes:

https://vejasp.abril.com.br/blog/pop/tiago-leifert-polemica-eliminacao-nayara-bbb18/

https://diversao.r7.com/prisma/odair-braz-jr/tiago-leifert-foi-de-uma-grosseria-total-com-a-eliminada-nayara-21022018

https://www.diarioonline.com.br/entretenimento/fama/noticia-488422-.html

Nenhum comentário: