Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

sábado, 5 de janeiro de 2008

Lá vem mais um BBB


Pra iniciar os trabalhos bloguísticos de 2008, vou divagar sobre o que, com certeza, vai ser assunto em 9 de cada 10 grupos de debate Brasil a fora: O Big Brother Brasil.

Pois bem, pra começo de conversa, deixo bem claro que acho essa coisa uma tremenda celebração à idiotice. Pensa bem: Não faz sentido um bando de desconhecidos (sempre envolvidos com alguém ligado à emissora provedora de toda a patuscada). Ficam numa casa com mais conforto do que eu, por exemplo, e não fazem nada que não tenha cara de já ter sido previamente programado.

Daqui a umas semanas, o povo vai definir pra quem torce, a Globo vai ‘sugestionar’ pra quem você deve torcer e o pessoal da edição vai definir quem você vai rejeitar. Isso, porque eles sabem que o povo não daria a agilidade necessária pra esse tipo de engodo. Já pensou, deixar o povo decidir mesmo quem ganha ou não essa bagaça? Se a lógica (?!?) desse programa é ser um jogo onde famosos ‘quem?’ disputam uma grana violenta, nada mais lógico que quem tiver mais manha nas tramóias saia vitorioso, né? Não é?
Ao que parece, não. O povo rejeita (ou é levado a rejeitar) quem arma jogadas (sacou? Jogo? Hein?) e idolatra os ‘mártires’ que se mostram coitadinhos e bonzinhos.

Ôôôôrra, malandragem, isso me faz pensar que o tal do Alemão ainda tá na mídia enquanto outro BláBláBlá vai começar! Tão querendo acumular? Fora as minas que vão posar nuas (e tomara que sigam a moda da pornografia – hehehehe), vamos passar mais um punhado de meses aturando esses não-artistas entupindo programas de ‘dona-de-casa’ com fofocas tão úteis quanto um vírus. Sônia Abrão já deve estar como? Esfregando as mãos e dizendo: ‘Ah, agora sim, vou ter com o que encher lingüiça até o ano que vem!’ hahahahaha!

Bem, enquanto a Globo prepara-se para faturar muitos cascalhos (mais que um criança esperança da vida) e o povo fica com o dedo coçando pra votar, como que numa novela interativa, eu só penso no seguinte: Quem contribui com ligações que pagam os prêmios dos vácuos de mídia daquela casa pode reclamar da vida no Brasil?

FGarcia® não vê BBB, mas, sabe que vai participar de muitas discuss... debates a respeito.

Nenhum comentário: