Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Stallone e o maldito politicamente correto


Viu a repercussão do que Silvester Stallone falou sobre o Brasil? Ele disse que a gente aqui agradece por tudo com ‘obrigado, tome aqui um macaco’ e ainda ressaltou que, devido à violência precisou de trocentos seguranças. Além de poder explodir tudo à vontade, pois somos muito felizes e agradecidos com tudo e acostumados com a violência.

Teve um monte de gente falando que foi de mau gosto. Só digo isso: PARABÉNS, CAMPEÕES!!! Quando fazem piadas sobre argentinos, japoneses ou árabes vocês se acham muito puritanos, né? Nem vou tão longe, quando pessoas fazem piadas sobre estados ou cidades diferentes, também acham que são muito legais, né? Piada, gente, PIADA!!! Como podem fazer tanta piada sobre os outros e não aceitarem piadas sobre você?

É um absurdo. O brasileiro médio moralista não aceitou uma piada de humor negro quando viu que foi em sua direção. É aquele clássico - e patético - caso de “complexo de superioridade infantil”, onde o valentão perturba todo mundo, até ser desafiado por um dos alvos das piadas. Aí começam as reações no melhor estilo “Também não brinco mais!”. Consciência e maturidade, por favor! Cultura emo modo ON não dá!!!! O cara teve que pedir desculpas e explicar a piada..

O povo faz piadas sobre a própria desgraça, faz piada com as desgraças dos outros (exatamente TODOS os outros: EUAses, China, Japão, árabes, judeus, padres católicos, loiras...) e ninguém pode mexer com ele. Ego sensível demais pra um povo que ironiza tudo. Essa onda do politicamente correto é uma m*rda fumegante. Se atirarem bombas anti-recalcados esses politicamente corretos dos infernos serão nossa primeira linha de defesa.

Tenso, hein!

Um comentário:

Rafael Brito Garcia disse...

KKK...podes crer piada de pobre então os pobres mesmo riem..
bjokas