Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Jornalista: Qualquer Um de Nós?


Sabe aquela história de que, com a profissão de jornalismo não exigindo mais o diploma como pré-requisito obrigatório para ser exercida, qualquer um poderia ser um jornalista? Foi uma discussão recente até que certos argumentos lógicos surgiram.

Por exemplo, você pode crer que um dentista sabe infinitamente mais sobre assuntos ligados à sua profissão do que um jornalista, mas ele vai ter o preparo pra cuidar de dentes e saber como escrever sobre isso? O jornalista pode se especializar no assunto e ainda vai ter a base acadêmica e intelectual para tratá-lo.


Agora me surge o site Brasil 247 e me diz que todos são produtores de informação e podem atuar como jornalistas.. CUMA?! A notícia é essa aqui e ao que parece, pelo texto, o referido site generaliza - e por que não dizer que banaliza - a profissão do jornalista. Não sei se pra aumentar o interesse dos curiosos que só querem ter o nomezinho estampado na internet pra se sentirem importantes, ou se querem incentivar o jornalismo colaborativo pelos motivos errados, só pra não procurar profissionais formados e capacitados e remunerá-los de maneira condizente.

É aquele negócio, voltemos ao exemplo do dentista, se um profissional que cuida da saúde bucal tem o conhecimento técnico e prático, ele bem que poderia ser uma boa fonte para o jornalista especializado em escrever essa área da saúde, pois, um dentista não estuda o comportamento da sociedade e os padrões estabelecidos para saber como escrever e a melhor maneira de se abordar seu público.

Enfim, você passa 4 anos se preparando para ser um profissional devidamente capacitado e vem um veículo de internet auto-intitulado 'jornal' e confunde ainda mais as pessoas. Imagina quantos leigos olharão para essa 'notícia' e se sentirão capazes de denunciar, fofocar ou apenas informar sem o menor discernimento entre uma coisa e outra, além da apuração e os meios de se abordar e pesquisar.


Ser jornalista não é só fotografar ou filmar um acontecimento curioso e repassar para ter publicidade pessoal em um ambiente onde qualquer um com uma câmera pode se sentir famoso. Pra isso já existem redes sociais e blogs pessoais.

Qualquer um pode produzir informação, mas não é qualquer um que pode ser jornalista!

Nenhum comentário: