Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

Beleza: É psicológico



Estou livre das amarras.

Desprogramei minha mente da poluição que me impuseram e aceitava naturalmente como a própria natureza.

Aí, aprendi que beleza física são só padrões, linhas que não se provam definitivamente belas ou feias, porque a TV e as revistas não são espelhos, nem janelas.

Muitas pessoas me são belas e são feias para quem ainda tem as lentes turvas, mas o que me fala ao coração não precisa passar pelos olhos, não de forma embrulhada em conceitos pré-estabelecidos (por quem?).

Quem foi a primeira pessoa bonita que serviu de base para os padrões de hoje?

Gosto mais da beleza da energia que semblantes e atitudes me trazem.

Nenhum comentário: