Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Ao Mestre com Carinho - Dia do Mestre

Momento ternurinha!


Sabe aquelas coisas que você lembra com clareza porque se repetiam bastante no passado? Pois é, uma dessas é a canção To Sir, With Love, do filme de mesmo nome.

Esse filme é emblemático e, embora haja vários nesse estilo 'professor-durão-que-acerta-turma-desajustada', esse é um dos mais famosos e autênticos. Sidney Poitier é um professor nbegro numa escola britânica predominantemente caucasiana, mas os assuntos mais abordados são de comportamento de alunos fora dos padrões escolares convencionais. O filme vai evoluindo até que eles dedicam a tal canção ao mestre, que se retira emocionado, porém austero. Detalhe para o final quando alunos ironizam o fato de estarem na turma no próximo ano, então, secretamente, o professor rasga uma proposta de trabalho fora dali para continuar sua missão. Assista ao momento da homenagem.


Mas o que eu quero ressaltar mesmo é a versão em português que o grupo Abelhudos gravou e foi tema de homenagens ao dia do mestre e formaturas a perder a conta do final da década de 1980 até algum momento dos anos 1990. Essa sim, a que eu tenho na memória afetiva. Aliás, eu e todo mundo nascido e que não morava numa ilha deserta nessa época, acho. Fique com a versão granulada de uma apresentação do grupo no Show da Xuxa (num tempo que havia alguma programação infantil na TV aberta):


Confesso que quando eu era um pequeno Sagatiba lá em Barbacena na Pavuna, essa foi uma das músicas que eu mais lembro com algo diferente de nostalgia, é uma coisa de memória afetiva mesmo, carinho, com o perdão do clichê.

Nenhum comentário: