Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Gambit, o Gambá?



Pois é, minha gente, essa eu já queria ter "revelado há tempos". Mas só recentemente, quando ouvi novamente o Argcast, sob a batuta do desenhista Daniel "lábios da rata" HDR (ou Daniel HDRave, segundo o também desenhista Rodney Buchemi), é que lembrei do assunto, afinal, muita água passou por baixo da ponte desde o ano passado. E é isso, obrigado pela visita, tchau! vou falar de uma revelação interessante do referido desenhista, no episódio de seu cast sobre os X-Men: Gambit tem uma relação estranha com Pepe le Gabá em sua origem.

Antes, vou falar do personagem em si, pra você que não conhece se situar. Remy LeBeau, o mutante Gambit, foi criado por uma família de ladrões de Nova Orleans (Louisiana, EUA) e foi criado pra ser um clichê ambulante. Me desculpem os fãs, mas é muito conveniente um personagem só ter como poderes: Carregar objetos com energia cinética, agilidade sobre-humana, olhar hipnótico (sobretudo com mulheres), além de ser francês (um fetiche comum de estrangeiro sexy) e um galã de índole duvidosa (o fetiche feminino do cafajeste de bom coração). ou seja, é um personagem criado pra agradar meninas e conseguiu, pois, passou a estampar cadernos nas escolas, mas não só dos meninos que queriam ser ele, mas das meninas que queriam um cafajeste assim olhando-as durante as aulas e papéis de carta.



Com isso, ele apareceu como tutor da Tempestade, (numa revista que eu tive, mas vendi porque achei isolada num sebo sem as sequências pra completar, aff...) e logo formou um par 'gato-e-rato' com Vampira. Romance esse que ilustrou até o famoso desenho dos anos '90, onde ele a perseguia e era rechaçado por medo dela de matá-lo com seu poder de absorver energia ao ter contato físico com as pessoas. E é ai que eu queria chegar, no vai-não vai com Vampira.



Veja bem, Gambit é francês, um galanteador e tá sempre dando em cima da gatinha que o evita a todo custo (pelo menos foi assim por um bom tempo). Sendo assim, vamos ver como se ilustra essa situação?



Exatamente, gente! Pepe le Gambá é um francês galanteador que quer pegar a gatinha de qualquer maneira, mesmo ela fugindo dele desesperadamente. E pra ver que não é só coincidência, repare na 'mecha' branca que é o que sempre cria o mal entendido do gambá achando que encontrou uma fêmea de sua espécie e não uma gata que acidentalmente pintou uma parte do pelo.



Segundo Daniel HDR, a piada interna trama lhe foi revelada pelo próprio Chris Claremont (amigo do desenhista, criador do personagem e principal escritor do X-Men de fases clássicas do grupo nas HQs).



Fonte: Argcast/Dínamo

Nenhum comentário: