Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Heather O'Rourke: A Carol Anne de Poltergeist


Se viva, hoje, a atriz mirim Heather O'Rourke teria 37 anos de idade. Sim, é uma tristeza quando alguém morre, sobretudo tão jovem, aos 12, mas o que mais chama à atenção neste caso é o contexto em que a garota esteve envolvida, sendo a protagonista de Poltergeist, o que acarretou aquela lenda de que equipes ligadas a filmes de terror têm destinos trágicos. Mas não foi nada disso (se fosse assim, atores de comédias não morreriam, por exemplo).

Heather Michele O'Rourke, mais conhecida como Heather O'Rourke, ou a menininha Carol Anne Freeling da franquia cinematográfica Poltergeist.

Heather foi descoberta ao almoçar com sua mãe, Kathleen, num restaurante do estúdio MGM, quando Steven Spielberg procurava por uma menina que interpretasse a supracitada personagem, seu maior destaque dentre outros trabalhos como propagandas diversas.

Em 1988, durante as filmagens da terceira parte da cinessérie, Heather passou mal e foi diagnosticada com gripe. ao insistir que não estava bem, retornou ao médico e foi diagnosticada, dessa vez, com doença de crohn, uma infecção crônica do sistema gastro-intestinal.

Ela morreu na mesa de cirurgia, no dia 1º de fevereiro de 1988, aos 12 anos de idade. Só depois de falecida, os médicos descobriram que tratava-se de uma obstrução intestinal causada por estenose congênita. Uma cirurgia poderia ter solucionado o caso.

Nenhum comentário: