Crônicas, divagações e contestações sobre injustiças sociais, cultura pop, atualidades e eventuais velharias cult, enfim, tudo sobre a problemática contemporânea.

terça-feira, 12 de maio de 2015

Letras que você possivelmente cantou errado a vida inteira

Image result for ferris bueller chuveiro

Sabe aquelas músicas que você aprende no boca-a-boca (UIA!) e vai entendendo de forma tendenciosa cantando, por vezes, bizarrices sem sentido, mas achando que tudo faz parte de um plano superior ou nem isso? Pois é, tenho conversado bastante sobre o assunto recentemente, e agora chegou a hora de fazer uma lista com os mais clássicos desses erros. Bem, começando pelas menções honrosas, aquelas que não chegaram a ser consenso, mas que também ganharam suas versões “alternativas”, porém um pouco menos relevantes:

XERETA (CLAUDINHO E BUCHECHA): Onde um amigo meu trocava ‘vou fazer você suar a camiseta’ por ‘vou fazer você suar a carne seca’ (não sei bem em que contexto, mas pode ser até meio nojento dependendo de como se aplica essa frase na bagaça.
PAGODE DA AMARELINHA (ART POPULAR): Vi bastante gente cantando ‘vê se mexe mais essa galinha’ em vez do correto ‘vê se mexe, mas não sai da linha’, o que pra uma amarelinha, faz mais sentido, né? Pelo menos DESSA VEZ, o grupo fez uma letra com sentido. Rá!
XIBOM BOMBOM (AS MENINAS): Na virada lá de 2000 eu era apaixonado por esse grupo, não exatamente pela música, mas um monte de mulheres músicas era pra deixar um adolescente pré-adulto bem empolgado do alto de seus 18 anos, mas a questão é que a letra dizia ‘analisando essa cadeia hereditária...’, mas já vi notícia de quem cantasse ‘analisando essa cadeira, ela é de praia’... isso me deixa pensativo sobre o que levou uma pessoa a ter essa dúvida.
S.O.S SOLIDÃO (LULU SANTOS): “S.O.S Solidão”, refrão curto, culmina vindo de uma letra que deu todas as pistas de quem procura alguém do outro lado da linha pra fazer companhia... então, acho justo que muitos tenham cantado ‘LESTE-OESTE solidão’, pois, não achou um cobertor de orelha em coordenada alguma.
SE (DJAVAN): Essa veio por sugestão de um amigo lá do Facebook em algumas vezes que conversamos sobre esse assunto (valeu, Léo). Djavan tá lá falando da dificuldade da pessoa decidir se dá ou não (o que eu não sei, UIA!) quando ele fala ‘mais fácil aprender japonês em braile’, mas há a cruel versão ‘alternativa’, ‘mais fácil apedrejar pôneis em braile’... Um minuto de silêncio pelos pobres cavalinhos e muitomedo de quem cogitou isso, hein!


Vamos à lista:

17 -      ALAGADOS (PARALAMAS DO SUCESSO)
A letra é assim: “Alagados, Trenchtown, Favela da Maré...”
Mas você cantava assim: “Alagados, Flintstones, Favelad a Maré...”

Ok, sei que essa é muito pessoal minha, mas não podia ficar de fora porque sei que não fui o único. Não faz o menor sentido (nem trocando Trenchtown por Nescau também), mas a métrica permitia e, sei lá, a atmosfera dos anos de 1980 pedia por coisas sem sentido tipo a roupa do Jaspion ou a máscara do Lionman.

16 -      MELÔ DO MARINHEIRO (PARALAMAS DO SUCESSO)
A letra é assim: “Entrei de gaiato no navio, entrei, entrei, entrei pelo cano
Mas você cantava assim: “Entrei de gaiato no navio, entrei, entrei, entrei por engano
Nunca soube ao certo qual era a letra, mas como tem horas que Hebert Viana canta em inglês ou sei lá, então, nunca me atentei que era errado, achava que era uma variação da própria música. Isso porque não considerei a versão ‘entrei de caiaque no navio’, porque seria exagero. haha

15 -      COMO NOSSOS PAIS (BELCHIOR)
A letra é assim: “é você que ama o passado e não vê”
Mas você cantava assim: “é você que é mal passado e não vê”
Sempre vou comprar a ideia de que a letra fala em passado e presente, conflito de gerações e tals... mas que a ideia de que uma pessoa não percebeu que foi semi-cozida e ainda leva esporro por isso é demais pra se abandonar por completo.

14 -      HOMEM PRIMATA (TITÃS)
A letra é assim: “Homem primata, capitalismo selvagem”
Mas você cantava assim: “Homem que mata, capitalismo selvagem”
Pra mim, faz sentido também, já que capitalismo mata, mas como o contexto da música fala em selva de pedra, desde os primórdios e tals... é mais contextualizado o primata, né? Deixa assim que dá certo.

13 -      NOITE DO PRAZER (CLÁUDIO ZOLI)
A letra é assim: “Na madrugada, vitrola rolando um blues, tocando B.B King sem parar...
Mas você cantava assim: “Na madrugada, vitrola, rolando um nu, trocando de biquíni sem parar
Essa também é uma das campeãs, muita gente que não conhece a lenda do blues achou mais lógico que você, na madrugada, ouvisse um blues e trocasse de biquíni. Porque assim que é o certo. Não?

12 -      OCEANO (DJAVAN)
A letra é assim: “Amar é um deserto e seus temores...
Mas você cantava assim: “Amarelo deserto e seus temores...
Essa eu não cantei, mas já vi sendo citada em várias listas, tinha que estar aqui.

11 -      MENINA VENENO (RICHIE)
A letra é assim: "Um abajur cor de carne..."
Mas você cantava assim: "Um abajur cor de carmim..."
Trecho da música "Menina Veneno" no site oficial do cantor! (foto: reprodução)

A saber, a cor de carne seria essa:
ritchie_cor_de_carne

Essa é CAMPEONÍSSIMA! Simplesmente pelo fato de a versão que todos achavam ser a certa, é a errada, ou seja, a única música que realmente causou confusão e não apenas distração no público. Discussões acaloradas eu já vi (caraça ,Yoda feelings falando invertido) e o próprio cantor teve que se explicar que era carne mesmo e não carmim. BI-ZAR-RO! Só não pode ganhar pela posição meia boca desta lista a seguir:

SE ESSA RUA FOSSE MINHA (AUTOR DESCONHECIDO)
A letra é assim:”Se essa rua, se essa rua fosse minha, eu mandava, eu mandava ladrilhar
Mas você cantava assim: “Se essa rua, se essa rua fosse minha, eu mandava, eu mandava ela brilhar
 Percebemos aqui, caro saganauta (what?!) que o autor tinha uma legítima preocupação com o estado de conservação de sua rua, ou sei lá de quem, mas eu fiquei a vida inteira achando que o cara tinha só um desejo presepeiro de que ela se enfeitasse em luzes sem esforço, apenas com voz de comando... Aff... eu sou um frívolo mesmo.

Então, fique com uma que você não vai errar a letra:


P.S.: O Hino Nacional não entrará nessa lista na versão de Vanusa porque seria impossível transcrever toda a alteração que ela provocou na obra, então foi considerada hors concours.



Nenhum comentário: